7 de dezembro de 2016

Parceria estuda epidemiologia em criação de aves




A Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), em parceria com o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea) está promovendo um estudo epidemiológico na região do Rio Araguaia com o objetivo de fazer uma vigilância ativa para influenza aviária e doença de newcastle. O estudo será realizado em criações avícolas de subsistência no entorno do Sítio de Invernada de aves migratórias.

Segundo a coordenadora do Programa Estadual de Sanidade Avícola (Pesa)/Gerência de Sanidade Animal da Agrodefesa, Silvânia Andrade Reis, em uma primeira etapa foram cadastradas 12 propriedades com 670 aves de subsistência.

De acordo com ela, a próxima etapa será a preparação das equipes de coletas e distribuição de materiais e equipamentos neste mês de dezembro. “As coletas serão realizadas em janeiro de 2017”, diz ela. No estudo serão analisados nas aves o sangue, suabe de cloaca e de traqueia para controlar as doenças e impedir a difusão dos agentes infecciosos diminuindo o impacto na saúde animal e dos consumidores.

Assessoria de Imprensa da Agrodefesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Institucional

Receba em seu e-mail