1 de agosto de 2016

Para conseguir apoio, Jairinho toma PSDB e implora por partidos


Candidato à reeleição, o prefeito de Cristianópolis Jairinho (PSB), está usando todas as armas possíveis para conseguir apoiadores. Com uma chapa de vereadores bem mais fraca que a de sua adversária, ele realizou a convenção no dia 4 de agosto.

Sua candidatura tem o apoio formal das siglas do candidato a vice-prefeito Edmar Borges (PSDC), da primeira-dama Leandra (PPS), PP e PRTB. As demais siglas que compõe sua coligação assinaram apoio de forma intervencionada.

Após declarar apoio à pré-candidatura de Waléria Ulhoa (PMDB), para ser candidato a vereador em sua coligação, Wanderlei Pires foi o primeiro a sofrer a intervenção em seu partido: o PSC. Logo em seguida, o partido foi para a coligação do prefeito.

Wanderlei afirmou à coluna Cenário Político, na edição de agosto da Folha de Cristianópolis, que não imaginou que isso aconteceria, uma vez que havia fortalecido a sigla no município que, pela primeira vez, teria chances reais de disputar uma vaga na Câmara.

Outra baixa aconteceu no PR, de João Carmélio. Após ele declarar publicamente apoio à pré-candidatura de Waléria e possibilitar a ideia de fechar aliança com ela, os aliados de Jairinho rapidamente mexeram os pauzinhos e tiraram o partido do jogo.

O PSDB que tinha como pré-candidato o ex-prefeito Íris Aurélio, foi provisoriamente interposto. Quem assumiu a presidência foi o candidato a vereador, José Carlos Dias. O ex-prefeito Aurélio anunciou a desistência de sua pré-candidatura e, logo em seguida, o partido anunciou apoio à candidatura de Jairinho. Os coordenadores da campanha do prefeito ainda não divulgaram publicamente o nome da coligação.

Foto: Divulgação / Internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Institucional

Receba em seu e-mail