29 de março de 2016

Prefeito de Palmelo e secretários são alvos de mandados de condução coercitiva


O prefeito de Palmelo e os secretários de controle interno e administração do município que fica a pouco mais de 39 km de Cristianópolis, estão entre os conduzidos coercitivamente pela Operação Luz da Verdade. A Polícia Civil cumpre desde às 4h desta terça-feira (29), 13 mandados de condução coercitiva e seis de busca e apreensão.

Segundo a polícia, as investigações, que tiveram início há um ano e meio, identificaram diversas irregularidades em licitações da Prefeitura de Palmelo, na região sudeste de Goiás.

Durante as investigações, constatou-se que desde 2009 diversos procedimentos licitatórios foram fraudados mediante simulação de competição. A Polícia Civil descobriu, ainda, que os serviços contratados não foram prestados, o que gerou prejuízos de mais de meio milhão de reais.

As ordens judiciais são cumpridas em Palmelo, Goiânia, Pires do Rio, Bela Vista de Goiás e no Distrito Federal. Os crimes investigados são de falsidade ideológica, fraude a licitações, prorrogação ilegal de contrato, desvio de dinheiro público e organização criminosa, entre outros.

Todos os conduzidos coercitivamente devem ir para a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (Dercap), em Goiânia e depois seguir para o IML, para exame de corpo de delito. Posteriormente, os investigados que já tiverem sido ouvidos serão liberados. A polícia informou que proprietários de empresas de fachada também estão entre os investigados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Publicidade

Institucional

Receba em seu e-mail