4 de outubro de 2015

Prefeitos goianos fazem mobilização contra redução de recursos federais


Foto: AGM
Durante três dias, pelo menos 40 prefeituras goianas fecharam as portas em mobilização organizada pela Agência Goiana de Municípios (AGM). Prefeitos quiseram chamar a atenção do governo federal contra redução de verbas. Apenas atendimento em hospitais e serviço de coleta de lixo foram mantidos.

A principal queixa dos prefeitos é a perda de receita do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) que, em dez anos, teve seus recursos reduzidos em mais de 30%. Segundo a AGM, mais da metade das cidades goianas depende do fundo para fechar suas contas.

A associação informou ainda que a queda é desproporcional com os gastos dos municípios, que tiveram a folha de pagamento aumentada com a instituição do piso salarial obrigatório para várias categorias, por exemplo.

Segundo dados oficiais da Secretaria do Tesouro Nacional, que faz a gestão do FPM, o valor nominal de repasses aos municípios de Goiás no mês de agosto deste ano foi cerca de R$ 300 mil superior ao mesmo período do ano passado.

O Ministério da Fazenda informou que os repasses do FPM "seguem dentro da normalidade para todos os municípios, de acordo com o cronograma de liberação dos fundos de participação previsto na Portaria nº 692, de 9 de dezembro de 2014."

(Do G1 Goiás)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Publicidade

Institucional

Receba em seu e-mail