30 de junho de 2015

Eficiência e diálogo aberto na gestão do transporte coletivo


Murilo Guimarães Ulhôa assume a presidência da CMTC com o objetivo de garantir mais qualidade aos serviços de transporte prestados à população do Estado


A ampliação do diálogo com a sociedade e entes integrantes da Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC) é uma das metas do novo presidente da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), Murilo Guimarães Ulhôa. Administrador de empresas com vasta experiência na gestão pública, ele assumiu o comando da principal companhia de transporte público de Goiás, no início deste mês de junho, com o objetivo de garantir mais qualidade na prestação do serviço à população.

Segundo Murilo, outra prioridade de sua gestão é o desenvolvimento dos projetos de mobilidade urbana para a cidade de Goiânia. “Estamos vivendo um momento histórico para a mobilidade urbana. O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, está desenvolvendo obras de suma importância para a vida da população. Estamos presenciando o maior investimento em mobilidade urbana da história do nosso Estado com as construções dos corredores preferenciais de ônibus e do BRT Goiás Norte-Sul”.

Em Goiânia, a implantação dos corredores preferenciais de ônibus está adiantada. As obras do corredor preferencial T-7 estão em execução, e os corredores preferenciais Universitário, T-63 e 85 já estão em funcionamento. A licitação para a implantação de três novos corredores (T-9, Independência e 24 de Outubro) e a complementação das obras dos corredores 85 e T-63 está aberta e a previsão é de que seja finalizada ainda neste semestre.

Ele explica que os corredores preferenciais de ônibus, apesar de estarem em Goiânia, vão beneficiar também os demais municípios da região metropolitana. Isso acontece porque os corredores preferenciais são conectados aos terminais de ônibus e os usuários de outros municípios, ao chegarem à Capital, terão viagens mais rápidas quando fizerem a integração. Como exemplos, podemos citar os moradores de Aparecida de Goiânia e Aragoiânia que fazem integração nos terminais da Bandeiras, Maranata, Cruzeiro, Garavelo, Isidória e Praça da Bíblia.

Murilo destaca ainda o BRT Goiás Norte-Sul como umas principais obras de mobilidade urbana que o Estado de Goiás já recebeu. A construção do corredor exclusivo está em andamento e trará uma nova estruturação viária e paisagística para a cidade que oferecerá qualidade para o transporte do cidadão. O BRT vai atender diretamente 148 bairros de Goiânia e também de Aparecida beneficiando cerca de 120 mil usuários por dia. “Pensar a mobilidade urbana é pensar a melhor forma de garantir o acesso das pessoas aos mais distintos locais da cidade, de modo mais eficiente em termos econômicos, sociais e ambientais. Essa obra vai revolucionar o atendimento ao transporte coletivo, melhorando de forma significativa a vida das pessoas.”

De acordo com Murilo, ao construir redes de transporte modernas integradas e multimodais, a Prefeitura de Goiânia está reorganizando o viário urbano, antes com planejamento prioritário ao transporte individual – carros e motocicletas, para que o uso seja democrático e garanta a prioridade ao transporte coletivo.

Agilidade

O presidente da CMTC, Murilo Guimarães Ulhôa, iniciou uma série de debates sobre o transporte coletivo com prefeitos e vereadores dos 18 municípios integrantes da rede metropolitana. O primeiro encontro aconteceu na terça-feira, 16, com o prefeito de Hidrolândia, Paulo Sérgio.

A reunião, que aconteceu na sede da CMTC, contou também com as presenças do deputado estadual José Nelto e dos vereadores de Hidrolândia, Cristiano Rodrigo, Rui Alves, José Délio e Armando Leão. Durante o encontro produtivo, o presidente da CMTC apresentou as diretrizes de sua gestão para o transporte coletivo e recebeu as demandas apresentadas pela população da cidade.

Com agilidade, Murilo Guimarães Ulhôa encaminhou as solicitações para a equipe técnica da CMTC realizar estudos e organizar os projetos e cronogramas de atendimentos. Dentre as demandas apresentadas, Murilo Guimarães Ulhôa informa que a primeira que será atendida pela CMTC é a nova extensão da linha 213 – T.Bíblia/Hidrolândia/Res.Vitta, que, a partir do dia 22 de julho, passará a circular também pelo Residencial Vale dos Sonhos.

Ele relembra que, em dezembro do ano passado, o município recebeu outra extensão da linha 213, quando todas as viagens diárias passaram a atender ao Residencial Vitta. "Estamos com o diálogo aberto com todos os municípios e queremos discutir o transporte coletivo de forma técnica e eficiente com a população de modo que as solicitações, quando tecnicamente pertinentes, sejam atendidas o mais rápido possível".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Institucional

Receba em seu e-mail