30 de abril de 2015

Santa Cruz de Goiás



É tempo de Festa em Santa Cruz de Goiás! O município se prepara para a homenagem a São Benedito, Nossa Senhora do Rosário e Divino Espírito Santo que acontecerá nos dias 22, 23 e 24 de maio. Segundo Carlos Henrique de Queiroz Jr. proprietário de uma fazenda em Santa Cruz, o Prefeito Sr. Carlos Fernando e sua comitiva administrativa estão, ativamente, trabalhando para melhorias das estradas vicinais, esperando, assim, contar com a presença dos fazendeiros no evento. A comunidade e festeiros trabalham dia após dia para garantir a realização desta festa tão bonita e tradicional chegando aos 200 anos de existência.

Visando promover os festejos de 2015 e arrecadar fundos para a Paróquia, os festeiros de São Benedito lançaram o “Bazar beneficente de São Benedito”. Uma "Comunidade" via facebook, onde você poderá fazer doações. Aceita-se qualquer objeto que esteja em bom estado de conservação para ser vendido a preços populares. Contato- festejossaobenedito@gmail.com ou watts app (62)8143-3402

É gratificante ser parte dessa manifestação popular. É tempo de giro; é tempo de receber os foliões. Poder levar a bandeira a todos os cantos da casa e ali espalhar bênçãos trazidas através dos cantos, dos improvisos. Não há dinheiro que pague tamanha emoção! Um ano se passou e a repetição desse momento encanta como se fosse a primeira vez. Um ano preparando o espírito para a reafirmação da fé e devoção.

Uma urdidura mesclando profano e sagrado; construindo e desconstruindo... Fé e devoção permeiam a sociedade sem que se considere alienado aquele que crê. A oração alivia, amplia a coragem no enfrentamento de determinadas adversidades; conduz ao agradecimento por algo alcançado... É bom saudar o bendito, o rosário, o Divino e ter o que agradecer! É bom o momento atual quando os ouvidos são invadidos pelas orações cantadas, trazidas pelo vento que sopram ao longe, espalhando intervalos consonantes, lambuzados de lembranças dos tempos idos. Perpassam a memória imagens de familiares que também foliaram e agora já se encontram do outro lado do caminho participando da folia no campo espiritual.

Somos emoldurados pela vivência dentro do grupo que nos gerou. Sou emoldurada pelos saberes, fazeres, falares da velha e querida Santa Cruz de Goiás, nas diversas formas de devotamento que alimenta a alma, acalma o coração e transcende, por intermédio de rituais que evoca, glorifica e louva!

Todo ano tudo recomeça! Dá a todos a sensação de aproximação de pessoas de uma mesma família. Reforçam sentimentos como o amor ao próximo e a solidariedade.

A festa do Divino representa a “esperança na chegada de uma nova era para o mundo dos homens, com igualdade, prosperidade e abundância para todos”. A folia é o prenuncio desse tempo! Cada qual à sua maneira contribui e afirma o pertencimento naquilo que aprendeu e apropriou com base na memória coletiva e na oralidade.

Aproximações e distanciamentos nas “festas do Divino encontradas em praticamente todas as regiões do país, apresentando características distintas em cada local, mas mantendo em comum elementos como a pomba branca, a coroa, fartura de comida...” Em Santa Cruz o “Imperador e Imperatriz” foram substituídos por “ festeiros”. O Tríduo Solene que acontecia domingo, segunda e terça: Divino Espírito Santo, Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, agora acontece sexta, sábado e domingo: São Benedito, Nossa Senhora do Rosário e Divino espírito Santo.

A folia do Divino percorre itinerários conhecidos: Santa Cruz, Palemlo, Pires do Rio, Piracanjuba recolhendo prendas para os preparativos da festa. Os devotos giram com sua alegria, acolhidos aqui e ali pelo povo bom e simples. A visita da folia renova a fé, a crença e as esperanças.

O povo vive sempre em busca da satisfação de seus desejos e, muitas vezes, encontra nas bênçãos que esperam através do Deus poderoso. Os foliões são bem recebidos, de coração aberto, por gente como eles mesmos, rompendo a monotonia cotidiana do mundo de Santa Cruz de Goiás.

A fé e a tradição popular enriquecendo ano após ano a cultura do estado. O imaginário coletivo e religioso dos devotos do Divino Espírito Santo, Nossa Senhora do Rosário e São Bendito numa manifestação cultural autêntica, onde velhos, jovens, crianças; todas as idades rezam, cantam, comem e bebem, em ritos quase mágicos, de tamanha beleza, repetidos de porta em porta.

Sob as benções do Altíssimo, dia 17 de maio, será a entrega da folia, na igreja, em Santa Cruz de Goiás.

Deus onipotente, trino e uno, abençoe a todos!


Aparecida Teixeira de Fátima Paraguassú
é historiadora, pesquisadora, musicista, poetisa, escritora.
Presidente da Associação dos Amigos de Santa Cruz.
Acadêmica da Academia Aparecidense de Letras e da ALB/DF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Publicidade

Institucional

Receba em seu e-mail