5 de junho de 2014

Rodeio e shows agitam São Miguel do Passa Quatro



Dupla João Lucas e Marcelo cantou no sábado

A Prefeitura de São Miguel do Passa Quatro realizou de 22 a 25 de maio o 1º Rodeio Show do município. O evento começou com uma cavalgada no dia 17 de maio que percorreu toda a cidade convidando a população para participar da festa. Um desfile também elegeu a rainha e princesas do rodeio. Foram escolhidas Inara Leão como Rainha, Flávia Lima como Primeira Princesa e Bruna Thalia como Segunda Princesa.

A dupla João Lucas e Marcelo, que subiu ao palco no sábado, 24, cantou sucessos como “Eu quero tchu, eu quero tcha", “Louqinha”, além do novo hit “Vamos beber” com participação de Ronaldinho Gaúcho no clipe. “Foi espetacular! Muito obrigado São Miguel do Passa Quatro! ”, agradeceu a dupla.

Também subiram ao palco os cantores Maurício e Eduardo, Ivis e Carraro, além da dupla revelação goiana, Brunno e Phelipe que fecharam a festa no domingo, 25.

A primeira-dama, Reny Ribeiro, agradeceu a todos que prestigiaram o Rodeio Show e afirmou que é gratificante ver a alegria espontânea nos rostos de cada pessoa que participou. “A alegria que sentimos quando ouvimos comentários pela rua e também através do Facebook, é muito maior do que o esforço que foi feito para que tudo desse certo. Graças a DEUS, conforme a opinião da população, dos amigos, a festa foi ótima!!!

No domingo, a dupla revelação Brunno e Thiago
encerraram a festa
O radialista e blogueiro da “Tribuna de São Miguel”, Zequinha Aleluia, parabenizou os organizadores do evento. Segundo ele, a festa foi um sucesso com um público estimado de mais de 6 mil pessoas. “A praça da festa teve uma dimensão que possibilitou o bom recebimento e estada de uma grande quantidade de pessoas. Equipes de segurança e saúde também estavam atentos para solucionar problemas que viessem surgir com o grande movimento da festa, problemas estes que afinal, foram poucos e de pequena gravidade”.

Em depoimento nas redes sociais, Reny Ribeirou lembrou o falecimento de Dona Maria Batista em um momento que, segundo ela, ninguém esperava e também pediu união na cidade. “Pra que não sermos amigos, nos alegrarmos juntos, se isso é o que é real nessa vida? Quem tem o direito de ofender ou humilhar alguém? Ninguém! Existe alguém melhor do que o outro? Não, não há! O que nos diferencia perante Deus é o coração que temos. Então vamos abençoar nosso semelhante, nossa cidade, nossas autoridades, e não maldizer”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Publicidade

Institucional

Receba em seu e-mail